TELEVENDAS
(11) 3990.2250 | 3990.2251
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
seg. à sex. | 8h às 18h - sáb. | 8h às 13h
facebook youtube instagram

A direção é parte essencial do bom funcionamento do motor, bem como os componentes de frenagem e afins. Para garantir isso, é necessária uma verificação periódica de todos os fluidos. São eles o óleo de motor, refrigerante, fluidos de freio e de direção hidráulica.

Não hesite em ser assistido por um conhecedor durante a primeira verificação. Você verá que não é ciência de foguetes. Uma rápida olhada sob o capô, de tempos em tempos, pode lhe poupar muita preocupação.

Ordenar ítens por:
Exibe por marca:
Exibindo 1-30 de 167 ítens
Barra de direção curta 563MM VOLVO FH 12
 
Cod: ZL7992
Barra de direção curta 563MM VOLVO FH 12 
Por: R$ 653,05 Peça
Barra de direção curta 680MM MB 1113
 
Cod: ZL1015
Barra de direção curta 680MM MB 1113 
Por: R$ 280,42 Peça
Barra de direção curta 785MM VW  9160 10160
 
Cod: ZL9164
Barra de direção curta 785MM VW 9160 10160 
Por: R$ 338,34 Peça
Barra de direção curta MB 1214 (768MM) BICUDO
 
Cod: ZL1055
Barra de direção curta MB 1214 (768MM) BICUDO 
Por: R$ 360,90 Peça
Exibindo 1-30 de 167 ítens

Falha no sistema de direção

  • Desgaste da junta de transmissão
  • Falha na direção hidráulica
  • Despressurização da gestão
  • Entupimento e contaminação da transmissão
  • Avaria na transmissão emparelhada
  • Desgaste do rolamento do eixo da hélice

Sinais de falha do sistema de direção

  • Ruídos anormais (assobios e batidas) no mecanismo de direção
  • O volante volta muito apertado ou muito frouxo
  • Sem retorno ou retorno lento das rodas para sua posição original quando você solta o volante
  • O volante gira apenas quando o motor arranca
  • Alterar a posição das rodas enquanto dirige
  • Fortes vibrações no volante e retorno violento ao dirigir
  • Vazamento de fluido de trabalho
  • Vibração no volante

Causas de falha do sistema de direção

  • Não conformidade com as regras de uso
  • Má qualidade da superfície da estrada
  • Condução agressiva
  • Liberando o eixo de acionamento
  • Danos mecânicos no eixo de acionamento
  • Desgaste e excedendo a vida útil de peças individuais
  • Vazamento de fluido no sistema de direção hidráulica
  • Lubrificação insuficiente do sistema
  • Desgaste ou quebra da correia de transmissão
  • Pobre equilíbrio
  • Uso de fluidos e componentes hidráulicos de baixa qualidade
  • Pressão e desgaste excessivos dos pneus

Diagnóstico

Um diagnóstico inicial é feito usando uma inspeção visual, durante a qual você poderá avaliar o desempenho do sistema. Usando um dinamômetro, você deve medir o esforço necessário para girar o volante. Um valor superior a 1,5 N indica um mau funcionamento da direção hidráulica.

Além disso, a folga na direção não deve exceder 10 graus, ou 35-40 centímetros. Vazamentos de fluido na direção hidráulica podem ser determinados pela condensação que se forma na superfície da direção hidráulica.

Você também deve verificar as condições das vedações e arruelas, bem como a tensão da correia. Um diagnóstico mais avançado de todo o sistema deve ser realizado em uma garagem. A análise do sistema de direção deve ser realizada pelo menos uma vez a cada seis meses ou após 50.000 a 70.000 quilômetros.

Reparar a substituição dos elementos do sistema de direção

É altamente recomendável substituir elementos do sistema com defeito. No entanto, isso não se aplica aos espaços entre as salas: basta puxar os elementos de fixação até o nível exigido. Maior folga nos rolamentos pode ser corrigida usando rolamentos especiais.

A substituição dos elementos do sistema de direção hidráulica deve ser realizada por profissionais, uma vez que esta operação requer várias pessoas, além de experiência e conhecimento sobre esse tipo de reparo e equipamentos específicos. Essa mancha leva tempo e deve ser feita com cuidado.

DEPARTAMENTOS DEPARTAMENTOS